Como comprar os óleos essenciais?

frasco de óleo essencial de bergamota produzido na França

 

E não levar “gato por lebre!

Para não comprar essência no lugar de óleo essencial, pois a essência poderá ter um aroma maravilhoso, mas não terá a riqueza de princípios ativos do óleo essencial, aqui estão algumas dicas.

Óleos essencias são substâncias vegetais aromáticas, em alta concentração e extremamente voláteis. É importantíssimo que tenham procedência garantida, pois o cultivo e o manejo com as plantas garantirão a conservação e melhor concentração destes princípios.

  • Para manter suas propriedades devem ser vendidos em frascos de vidro escuro (âmbar, azul), lacrados, que estejam armazenados ao abrigo da luz e calor.
  • A etiqueta deve conter sempre: “óleo essencial 100% puro e natural” ou “100% óleo etérico” ou “essência altamente pura e concentrada da planta”.
  • Outras informações que devem conter na embalagem: o nome científico da planta, a parte da planta que foi usada na extração, data da extração e validade do produto.

O método de extração; país ou região de origem; cultivo orgânico ou extraído de plantas silvestres é um preciosismo que ainda não temos em todos os rótulos comercializados aqui no Brasil.

Desconfie de óleos essenciais muito baratos! Os óleos essenciais comercializados no Brasil apresentam uma variação de preço , no momento, que vão dos mais baratos: citronela (cymbopogon nardus*), eucalipto (eucalyptus citriodora, staigeriana ou globulus), laranja doce (citrus sinensis var.dulcis), limão(citrus limonum), tangerina (citrus nobilis var.tangerina) que custam em média R$15,00 por 10ml; até os mais caros como jasmin (jasminum officinalis) e rosa (rosa damascena ou centifolia) que podem custar R$140,00 por 2 ml.

* em itálico está o nome científico de qual espécie botânica o óleo essencial é extraído e que são mais facilmente encontrados no Brasil.

Foto: site Florame